Fritada de ervilhas frescas (1 peça)

  • A+
  • A-
Alimento Medida (kg) Medida caseira
Ovos 100g 2 unidades
Ervilha fresca 100g 1 xícara
Cebola 30g 1 unidade pequena
Alho 1g 1 dente
Azeite 20ml 1 colher de sopa
Molho de tomate pronto 100ml 5 colheres de sopa
Orégano qs a gosto
Sal qs a gosto, com moderação
  • A+
  • A-
Quantidade por porção % VD (*)
Valor calórico 495 kcal 24,8
Carboidratos 40,99g 13,26
Proteínas 37,79g 30
Gorduras totais 19,51g 22,45
Gorduras saturadas 4,55g 20,7
Gorduras trans 0g 0
Fibra alimentar 15,26g 61,04
Sódio 175,72g 7,33

(*) % Valores diários de referência com base em uma dieta de 2.000kcal ou 8400kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.
  • A+
  • A-

Modo de preparo

  • 1. Lavar, higienizar, descascar, cortar em rodelas a cebola e reservar;
  • 2. Colocar numa frigideira o azeite, o alho, a cebola e refogar por 2 minutos. Acrescentar as ervilhas, quebrar os ovos um a um e deixar cozinhar por aproximadamente 8 minutos;
  • 3. Depois de cozidos, acrescentar o molho de tomate, salpicar sal e orégano e servir.

Comentários

Comentários Nesta receita, temos os nutrientes importantes para ajudar na prevenção da oxidação das células da retina (combatendo doenças como a degeneração macular relacionada à idade) e que também auxiliam no controle de fatores como a hipertensão arterial e do colesterol ruim (combatendo tromboses retinianas - oclusão de veia retiniana). Índices altos de HDL (colesterol bom) e o combate à obesidade são importantes para aumentar o transporte da luteína para as células da retina, assim como a zeaxantina e as melhores fontes desses nutrientes são folhas escuras e a gema de ovo. Os ovos têm zeaxantina, luteína e vitaminas A e E, zinco, selênio e magnésio, com potente efeito antioxidante, essenciais para a visão e prevenção da degeneração macular relacionada à idade. As ervilhas são ricas em vitaminas A, C, E, zinco e magnésio. Alho e cebola são antioxidantes naturais, carregados de vitamina C. O alho ainda fortalece a circulação, e reduz o colesterol ruim, combatendo a hipertensão arterial sistêmica. O azeite aumenta o bom colesterol e é antioxidante (vitamina E).

Receitas elaboradas por:

Adriana Piva (CRN: 6416-SP)

Nutricionista, especialista em nutrição clínica, pediatria e vigilância sanitária em alimentos

Comentários por:

Dra. Mariana Lie Yamaguishi (CRM: 112100-SP)

Médica formada pela Universidade de São Paulo; residência médica em Oftalmologia pela Faculdade de Medicina da USP; especialista em Retina e Vitreo pelo Hospital das Clínicas HCFMUSP